Compartilhar

Crianças de Coragem e Fé

NANKPAK

" Órfão de pais "

Com apenas oito anos de idade Nankpak Kumzwam estava deitado no chão com a sua mãe, eles tinham dormido naquele chão durante as duas últimas noites pois estavam a fugir de manifestantes e saqueadores.

Eles ficaram com os corações partidos quando souberam que os radicais muçulmanos mataram o pai de Nankpak.​

E a perseguição não tinha acabado…

Enquanto estavam ali deitados naquele chão, um manifestante muçulmano sabendo que eles eram cristãos e que o pai de Nankpak era pastor, correu até eles e atacou-os com um facão.


Estavam ali, Nankpak, a sua mãe, o seu irmão e a sua irmã. Depois do ataque, acreditando já estarem todos mortos o atacante finalmente foi-se embora. Mas ele não se apercebeu de que havia um sobrevivente.

Um Jovem Sobrevivente
Quando Nankpak recuperou a consciência, viu que a sua mãe e os seus irmãos estavam mortos. Com sangramento de cortes de facão e um ferimento de bala que tinha sofrido no dia anterior, Nankpak caminhava pela mata em busca de ajuda, até que conseguiu chegar a casa de um amigo.


Depois de receber o tratamento, Nankpak foi morar com um tio, até que os trabalhadores da VdM vieram para ajudá-lo a inscrever-se numa escola numa área segura.


A VdM sustenta muitos cristãos perseguidos no norte da Nigéria, fornecendo-lhes assistência médica, despesas de alimentação, educação, formação profissional e encorajamento espiritual.


Nankpak já completou o ensino médio e espera tornar-se um médico, para cuidar dos cristãos perseguidos. Ele está pronto para servir onde quer que Deus o mandar. “Eu realmente não preciso ter medo”, disse Nankpak. “Eu fui o único a escapar com vida, acredito que Deus tem um propósito nisso”.


Saudades da Família
Nankpak lembra-se frequentemente da sua família e sente muito a falta do seu pai. “Muitas vezes, ele ia de um lugar para outro a pregar a Palavra de Deus”, lembrou Nankpak. “Sempre que ele voltava a casa, passávamos muito tempo a falar sobre a Palavra de Deus.”


O seu pai também ensinava os filhos a viverem em paz com os muçulmanos. “Ele sempre nos dizia para amarmos uns aos outros… para compartilharmos as Boas Novas”, disse Nankpak.


Nankpak espera que aqueles que ouçam o seu testemunho, orem pelos cristãos perseguidos. “Eu gostava que as pessoas orassem pelos perseguidos na Nigéria e em outros lugares, porque não é apenas a Nigéria que está a sofrer perseguições”, disse ele. “Eu acho que é algo que o mundo inteiro precisa se preocupar.”

Revista
Voz dos Mártires

Leia on-line a edição deste bimestre da Revista
A Voz dos Mártires

Entre em contato

Sua opinião é muito importante para nós.

Endereço

Street Name, FL 54785
United States of America.

Telefones

253 491 376
911 993 232

Horário de Atendimento

Monday/Friday: 8am to 6pm
Saturday: 9am to 12am