• A Voz dos Mártires - Portugal

Etiópia: Cristãos Presos Injustamente, Evangelizam na Prisão


Todas as coisas cooperam para o bem, porque tudo tem um propósito e para a Palavra de Deus alcançar os corações não existem barreiras.


Três cristãos, Tibebu Mekuria, Dawit Jemberu e Belete Tilahun, estão na prisão de Debiremarkos, na Etiópia, há dois anos, acusados injustamente de atearem fogo a uma igreja e que foram condenados a nove anos de prisão, tiveram a sua audiência de apelação adiada mais uma vez, mas eles não perderam a confiança em Deus e dedicam-se à pregação nas celas da prisão.


Como todos os homens e mulheres de Cristo, eles sabem que todas as coisas são para glorificar o Nome de Deus. Embora a batalha seja dura e difícil eles partilham da mesma mesa com as pessoas mais perigosas da Etiópia, sem duvida a subsistência deles é Jesus Cristo.


Eles também foram condenados a pagar uma multa de mais de € 38.000,00. "Estou preocupado porque a minha família pode ser despejada. Os extremistas querem destruir a minha vida e o ministério em que trabalhei toda a minha vida", Disse Tilahun.


No início deste ano, o caso foi levado ao Parlamento britânico. Tom Brake, deputado liberal-democrata vice-Carshalton e Wallington, Surrey, pediu ao Ministério dos Negócios Estrangeiros para enviar representantes para o governo etíope.


Fonte: Christian News


Pedidos de Oração:

  • Orem pelos nossos irmãos que ainda se encontram presos, para que Deus possa agir em meio ao impossível, pois acreditamos que o Seu Poder é Grande;

  • Ore para que Deus possa fortalecê-los e usa-los como um instrumento para que o Seu nome seja Glorificado;

  • Ore pelos familiares dos nossos irmãos detidos, para que Deus possa prover tudo aquilo que necessitam não somente financeiramente como também espiritualmente, para que tenham Fé em seus corações e Esperança de que Deus ira agir em seu favor.


Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.