• A Voz dos Mártires - Portugal

Birmânia - "Lágrimas de Alegria"


Um trabalhador da Linha de Frente da Birmânia, também conhecida como Mianmar, chorou "lágrimas de alegria" quando foi inocentado das acusações de tráfico de pessoas em 06 de Outubro.

Em abril, o irmão "Xi" conheceu uma viúva e a sua filha de 13 anos numa das aldeias rurais onde ele compartilhava o Evangelho. Quando a mulher e a filha aceitaram a Cristo, isso causou um grande incómodo para um monge budista que era o líder do templo da aldeia. Ele ameaçou o irmão Xi e disse-lhe para não compartilhar mais o cristianismo na sua aldeia.

Após a conversão, a jovem decidiu por conta própria que já não podia mais frequentar a escola local que era oferecida gratuitamente pelos budistas no monastério da sua aldeia. No entanto, a sua mãe era muito pobre para pagar a taxa de matrícula em qualquer outra escola. Elas pediram ao irmão Xi para ajudá-las e ele encontrou um lugar para a menina um num colégio interno em outra área.

Quando o monge budista soube disso, foi até ao chefe da aldeia e juntos fizeram uma acusação contra o irmão Xi de tráfico de pessoas. O irmão Xi foi imediatamente detido.

Inicialmente, ele não tinha permissão para ver a esposa ou obter ajuda jurídica, mas depois de parceiros da Voz dos Mártires conseguiu-lhe um advogado, ele foi libertado sob fiança. Muitos irmãos da comunidade cristã informou que o caso levaria pelo menos seis meses para ser processar. As acusações de tráfico de humanos é algo muito grave, e se ele fosse condenado, enfrentaria muitos anos de prisão.


Quando estava na prisão, o irmão Xi escreveu: "Eu tenho paz no Senhor, embora tenha sido falsamente acusado por causa da minha fé e actividades cristãs. Eles tentaram me causar problemas de muitas maneiras, mas quanto mais enfrento a perseguição na minha vida, mais os membros da minha igreja crescem e eu também cresço na fé no Senhor Jesus Cristo".

A história do Irmão Xi foi publicada em iCommittoPray.com, (site de oração da Voz dos Mártires Internacional) e muitos leitores responderam ao pedido de oração e postaram as suas orações. Três dias depois, chegou a notícia de que as acusações foram retiradas.

Os líderes da aldeia foram avisados ​​que se fizessem outro relatório falso, eles seriam presos. O advogado de Xi nos disse: "Não haverá qualquer problema para o irmão Xi continuar a viver naquela aldeia porque agora os líderes da oposição estão sob aviso da polícia."

Através do Programa "Trabalhadores da Linha de Frente" a VdM tinha fornecido anteriormente ao Irmão Xi uma mota, para ajudá-lo a viajar entre as aldeias para o evangelismo. Embora ele e a esposa tenham experimentado muitas vezes a perseguição, permaneceram fiéis e continuam a partilhar a Cristo nas muitas aldeias ao longo Mianmar.

O irmão Xi agradece a todos os assinantes da VdM por toda oração e apoio dado, "o vosso Apoio e as vossas Orações funcionam", disse o irmão Xi.


Fonte: A Voz dos Mártires Internacional


Motivos de Oração:

  • Ore pelo trabalho de evangelismo do Irmão Xi e das igrejas em Mianmar.

  • Ore para que a perseguição dos nossos irmãos produzam frutos para o Reino de Deus.

  • Ore pelo irmão Xi e a sua esposa, para que continuem firmes em Cristo e protegidos dos seus perseguidores.


Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.