© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

  • A Voz dos Mártires-Portugal

Após 445 dias preso no Sudão Petr Jasek foi Libertado


Petr Jasek, membro da equipe de trabalhadores da VdM Internacional, foi libertado da prisão no Sudão, após um perdão do presidente sudanês Omar Al-Bashir.

Petr foi preso pelo regime islâmico do Sudão depois de visitar os cristãos sudaneses e fornecer uma pequena ajuda para o tratamento médico de um homem. Ele foi condenado por vários "crimes" no mês passado, incluindo espionagem e entrada ilegal no Sudão. Ele foi condenado à prisão perpétua por espionagem, o que de acordo com a lei sudanesa significa 20 anos de prisão, mais quatro anos adicionais por outros supostos crimes.

As negociações entre o governo sudanês e o checo estavam em curso desde que a sentença foi anunciada, culminando numa visita a Khartoum pelo ministro checo das Relações Exteriores, Lubomír Zaorálek, que publicou no twitter uma foto dele com Petr Jasek no avião voltando para casa na tarde de domingo (26/02).

Jasek serviu os cristãos perseguidos como membro da equipe da Voz dos Mártires - Internacional por mais de 15 anos. Antes da sua prisão, ele atuou como Director Regional da VdM para África. Ele viajou extensivamente por toda a África, supervisionando pessoalmente a entrega de material e dando assistência espiritual aos cristãos perseguidos em nome da VdM.

"No início da sua prisão, Petr fez a declaração de que "Deus possui a chave da sua cela", disse o porta-voz da VdM, Todd Nettleton. "Estamos tão agradecidos que Deus abriu a porta da cela e que Petr está de volta para a sua família."

Petr foi preso inicialmente com três homens sudaneses, incluindo dois pastores. Perto do final do julgamento, o juiz decidiu que não havia provas de crime contra o Rev. Kuwa Shamaal, e ele foi libertado. Entretanto, o Rev. Hassan Abduraheem e Abdulmonem Abdumawla, permanecem presos, eles foram condenados a uma sentença de 12 anos. Embora estejamos alegres com a liberdade de Petr, queremos lembrar que estes dois irmãos continuam na prisão e a VdM continuará a trabalhar no apoio ao nossos irmãos e as suas famílias.

"Este tem sido um lembrete real dos perigos que os trabalhadores da VdM enfrentam enquanto servem os cristãos perseguidos", disse Nettleton. "Mas foi uma grande bênção ver a fé de Petr e da sua família brilhar nesse tempo de provação. Mais uma vez, Deus foi fiel. Estamos muito felizes com a oportunidade de dar as boas-vindas ao nosso amigo e colega de trabalho."

Depois de voltar para casa, Jasek será hospitalizado para avaliar o seu estado clínico, após um período de descanso, reflexão e recuperação, ele espera poder compartilhar algumas da suas experiências e das lições que Deus lhe ensinou na prisão.

Fonte: A Voz dos Mártires Internacional

Motivos de Oração:

  • Louvado seja Deus pela resposta de oração para Petr e a sua família. Peça a Deus para ajudá-lo na recuperação deste tempo difícil e se adaptar à vida fora da prisão.

  • Ore pelos nossos irmãos que permanecem presos no Sudão, o Pr. Hassan Abduraheem e Abdulmonem Abdumawla, para que eles também sejam libertados e autorizados a voltarem para as suas famílias. Ore para que Deus fortaleça-os fisicamente, emocionalmente e espiritualmente.

  • Ore pelo Sudão, para que Deus abençoe esta nação e para que os governantes sejam justos e tementes a Deus.

#PetrJasek #Sudão