• A Voz dos Mártires

Aldeões queimam casa e espancam esposa de ex-Xeque muçulmano no leste de Uganda


Um ex-Xeque (professor muçulmano) no leste da Uganda que secretamente tornou-se cristão no dia de Natal, decidiu no mês passado contar às suas duas esposas sobre a sua nova fé.


Marijan Olupot convidou o seu pastor para vir à sua casa na vila de Obokora, no condado de Obokorasub, distrito de Kibuku, na noite de 14 de maio. Ele então revelou a sua fé cristã às suas esposas e convidou o pastor a explicar-lhes o Evangelho para que o líder da igreja pudesse levar a sua família à fé em Cristo, disse Olupot ao Morning Star News por telefone.


Uma das suas esposas depositou a sua fé em Cristo como Senhor e Salvador, e a outra recusou, disse ele.


Três semanas depois, a esposa que recusou deixou a casa e contou a um líder muçulmano a conversão da família ao cristianismo, incluindo três filhos. O líder muçulmano disse a outros muçulmanos que o Xeque havia deixado o Islão, disse Olupot.


No dia 8 de junho os moradores muçulmanos cercaram a casa de Olupot por volta das 23:30 hs e incendiaram-na, disse ele. Olupot, a sua esposa e três filhos de 10, 12 e 14 anos fugiram pela porta dos fundos.


"Infelizmente, quando estávamos a fugir à noite, os agressores conseguiram se aproximar da minha esposa e espancá-la com varas, ferindo-lhe a mão esquerda, as costas e a perna direita, mas graças a Deus os meus vizinhos cristãos resgataram-na", disse Olupot ao Morning Star.


"Quando estávamos a fugir, ouvi um dos muçulmanos, chamado Hamuza, dizendo-lhes para destruir a casa."


A sua esposa está estável depois que os seus vizinhos a levaram ao Hospital Regional de Referência de Mbale, disse ele. Ele e a sua família refugiaram-se na casa de outro pastor enquanto ela continua o tratamento médico.


"Precisamos de orações neste momento difícil, pois os muçulmanos estão a querer matar-me", disse Olupot. "A minha outra esposa está a planear a minha morte."


Olupot, que chegou à fé cristã depois que um colega de negócios lhe falou sobre Cristo, disse que o incêndio destruiu objetos de valor e outros pertences na sua casa no valor de 10 milhões de xelins (€ 2.370,00).


Motivos de Oração:
  • Ore pela família de Olupot para que Deus possa protegê-los e fortalecê-los espiritualmente neste tempo de perseguição;

  • Ore pela sua esposa para que possa se recuperar rapidamente quanto ao seu estado de saúde;

  • Ore pela esposa que tem planeado a sua morte, para que Deus possa mudar a intenção do seu coração e possa abrir os seus olhos para conhecer a Verdade que liberta;

  • Ore para que Deus venha a suprir todas as necessidades do nosso irmão Olupot e da sua família após a sua perda financeira.

Fonte: VDM, Morning Star News

Foto: Casa de cristão queimada na Uganda

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.