• A Voz dos Mártires

Bangladesh: Menina cristã rohingya raptada e obrigada a casar-se com um muçulmano mais velho


Um pastor e a sua filha estavam entre os raptados durante um ataque em larga escala contra cristãos rohingya num campo de refugiados.


Segundo parceiros locais, os raptores obrigaram a menina a casar-se com um muçulmano mais velho. Várias outras famílias também relataram outros raptos.


O ataque, que ocorreu no Kutapalong, o maior campo de refugiados do mundo, deixou 12 cristãos feridos. Os cristãos eram refugiados da Birmânia que vieram para Bangladesh em 2007.


Essas famílias estavam ativamente envolvidas no ministério cristão dentro do campo e enfrentaram oposição significativa devido à sua fé e testemunho cristão.


Um ataque semelhante ocorreu em maio do ano passado pelo Exército de Salvação de Arakan Rohingya, que afirma estar a lutar pela libertação dos Rohingya.


A polícia local insiste que o ARSA não está envolvido e minimizou o número de feridos.


Desde o ataque, cerca de 170 cristãos foram transferidos para um 'campo de trânsito' segregado para a sua proteção. Alguns dos cristãos raptados ainda estão desaparecidos.


O filho de um outro homem raptado pediu a outros cristãos que, por favor, orem para que as vítimas permaneçam corajosas.


Motivos de Oração:

  • Peça ao Senhor para que mantenha em segurança todos os envolvidos e lhes conceda coragem diante da violenta oposição.

  • Lembre-se de cada uma das vítimas que foram raptadas, incluindo a menina que foi forçada a se casar um um muçulmano. Que eles sejam resgatados do cativeiro e de outras vitimizações.

  • Peça a Deus que toque no coração dos autores, para que eles cheguem ao sincero arrependimento e salvação em Cristo.


Fontes: VdM Canadá, Mission Network

Foto: ACNUR

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.