• A Voz dos Mártires

Bob Fu e ChinaAid ameaçados por um membro do Partido Comunista Chinês


Bob Fu e ChinaAid estão em perigo. Um membro do Partido Comunista Chinês (PCC) pediu aos seus apoiadores que eliminassem Bob Fu e outros dissidentes chineses de renome.


As instruções para eliminar Bob Fu e outros foram divulgadas no YouTube e em outros canais de media social. Os manifestantes protestaram em frente à casa de Bob em 26 de setembro, ameaçando a sua esposa e os filhos.


A agenda é clara! Pare o testemunho cristão e qualquer crítica ao Partido Comunista Chinês.


“Eu oro para que Deus use essa ameaça para expor a agenda do governo comunista chinês que é destruir o cristianismo. Os cristãos precisam saber o que realmente está a acontecer na China e agora até mesmo aqui nos EUA. Por favor, ore por mim e pela minha família”. - Pastor Bob Fu


Bob (Xiqiu) Fu é uma das principais vozes do mundo para as comunidades religiosas perseguidas na China. Fu nasceu e cresceu na China continental e foi um líder estudantil durante as manifestações pela liberdade e democracia na Praça Tiananmen em 1989.

Fu se formou na Escola de Relações Internacionais da Universidade do Povo (Renmin) em Pequim e ensinou inglês para os funcionários do Partido Comunista no Colégio Administrativo de Pequim e na Escola do Partido Comunista Chinês de 1993-1996.


Fu também foi um líder da igreja doméstica em Pequim até que ele e a sua esposa, Heidi, foram presos por "evangelismo ilegal" em 1996. Ao sair da prisão, Bob e Heidi fugiram para os Estados Unidos como refugiados religiosos em 1997 e, posteriormente, fundaram a ChinaAid (2002) com a intenção de expor para a comunidade internacional as graves violações dos direitos humanos na China e com isso promover a liberdade religiosa e o Estado de Direito no país.


Como presidente da ChinaAid, Fu testemunhou perante a Comissão de Direitos Humanos do Congresso Tom Lantos, o Comitê de Relações Exteriores da Câmara, a Comissão dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF), a Comissão Executiva do Congresso sobre a China, a Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas (USCHR), a Foreign Press Association e a Comissão Europeia e o Parlamento da União Europeia.


Fu também informa regularmente o Departamento de Estado e os membros do Congresso, incluindo membros do International Religious Freedom Caucus, sobre a situação da liberdade religiosa e do Estado de Direito na China. Em 2008, Fu foi convidado à Casa Branca para informar o presidente George W. Bush sobre a liberdade religiosa e os direitos humanos na China.


Motivos de Oração:
  • Ore por Fu e pela sua família, para que Deus os livre de qualquer tipo de ataque.

  • Ore para que ele continue a ser uma voz para a Igreja Perseguida na China.

  • Ore para que a comunidade internacional se posicione diante das graves perseguições religiosas que acontece na China.


Fonte: VDM, ChinaAid


Fonte: ChinaAid

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.