• A Voz dos Mártires

Congregação cristã em Israel enfrenta constante perseguição por parte de judeus ultraortodoxos


A Congregação Messiânica Beit Hallel em Ashdod, sul de Israel, está a sofrer assédio sistemático por parte do grupo local anti messiânico.


O assédio inclui ameaças, táticas de medo, vandalismo, maldições, cânticos, bloqueio de entrada da igreja e interrupção dos cultos.


Os crentes em Israel tiveram uma grande vitória judicial quando um tribunal local emitiu uma ordem de restrição contra os ativistas de Yad l'Achim, que os impede - entre outras coisas - de aproximar-se de uma distância de 100 metros da propriedade de Beit Hallel e das casas particulares dos congregantes, mas essa ordem de restrição foi repetidamente ignorada e violada.


Grupos anti-messiânicos ultraortodoxos, como Yad L'Achim, se opõem à atividade cristã em Israel. Judeus messiânicos são judeus que reconhecem Jesus Cristo como o Messias, mas grupos como Yad L'Achim não aceitam os messiânicos como verdadeiros judeus.


Os membros de Yad l'Achim acreditam que os judeus messiânicos são "as forças da impureza". Eles argumentam que os judeus crentes em Jesus Cristo não são judeus, mas cristãos que estão a tentar roubar as almas judaicas.


Ore por estes cristãos na região, visto que a perseguição de grupos ortodoxos continua a aumentar.


Motivos de Oração:
  • Peça a Deus que dê aos cristãos locais palavras de amor e coragem para serem as Suas testemunhas, mesmo quando enfrentam a oposição.

  • Ore para que estes crentes tenham a oportunidade de se reunirem para a adoração em comunidade e para que possam encorajar uns aos outros na fé.

  • Ore pelos membros dos grupos Ultraortodoxos, para que o Senhor Jesus seja dado a conhecer a eles.

Fonte: Voz dos Mártires EUA

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.