• A Voz dos Mártires

Extremistas Fulani matam pastor no sudoeste da Nigéria



Dr. Amos Arijesuyo, pastor da Igreja Apostólica de Cristo em Akure, estado de Ondo, Nigéria.

Pastores muçulmanos Fulani no sudoeste da Nigéria atiraram e mataram um pastor que também era professor universitário a 16 de janeiro, disseram as fontes.


Amos Arijesuyo, pastor da Igreja Apostólica de Cristo e professor da Universidade Federal de Tecnologia (FUTA) em Akure, estado de Ondo, estava a voltar de Ibadan para Akure quando pastores Fulani atiraram no seu veículo, disse um porta-voz da universidade.


“O seu veículo caiu numa emboscada armada por pastores que operavam na estrada por volta das 17h30”, disse Adegbenro Adebanjo, vice-diretor de comunicações corporativas da universidade, em nota à imprensa. “Os pastores atiraram esporadicamente no veículo, alvejando os cinco ocupantes e, infelizmente, alguns dos disparos atingiram o Dr. Arijesuyo e o motorista.”


O motorista conseguiu manobrar o veículo para buscar ajuda médica, disse ele.


“Arijesuyo sucumbiu aos ferimentos fatais dos tiros que sofreu durante o ataque, enquanto o motorista se recuperava num hospital”, disse Adebanjo.


Adebanjo observou que o professor também atuou como secretário adjunto da universidade e chefe da unidade de orientação e aconselhamento.


“A universidade condena nos termos mais veementes este ataque sem sentido que levou à morte prematura de um administrador universitário erudito e conselheiro por excelência”, disse ele. “ A morte de Arijesuyo é uma grande perda para a FUTA, a comunidade acadêmica na Nigéria e para além disso é uma morte que não deveria ter acontecido em primeiro lugar.”


A gerência, funcionários e alunos da universidade esperam que as agências de segurança encontrem e processem os agressores, disse ele.


“As nossas orações e pensamentos estão com a esposa, filhos e familiares do nosso colega que partiu”, disse Adebanjo. “Que o bom Deus lhes conceda a força para suportar esta perda irreparável.”


Joseph Ayodele, um membro da congregação do pastor que faleceu, disse que Arijesuyo era um homem de Deus.


“O pastor era um professor, nasceu inteligente e um homem apaixonado pela palavra [de Deus]”, disse Ayodele.


Motivos de Oração:
  • Ore pelos familiares do Pastor Amos Arijesuyo para que o Senhor possa confortar os seus corações;

  • Ore pelos responsáveis por este ataque para que venham a conhecer o amor de Cristo;

  • Ore pelos nossos irmãos e irmãs da Nigéria que neste momento estão a enfrentar perseguições para que o Senhor possa fortalecer a fé nos seus corações.

Fonte: VDM, Morning Star News


0 comentário

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.