• A Voz dos Mártires

Panorama da Perseguição Cristã 2020 e 2021


A perseguição cristã em 2021 provavelmente irá aumentar na China e na Índia, prevê a Voz dos Mártires do Reino Unido, que acaba de publicar a sua pesquisa anual Persecution Trends.


A Release International (VDM do Reino Unido) apoia cristãos perseguidos em todo o mundo. “Os nossos parceiros dizem que os ataques contra os cristãos estão a aumentar sob o comunismo na China, o islamismo no Irão e na Malásia e sob o hinduísmo militante na Índia”, disse o CEO da Release, Paul Robinson.


"No entanto, apesar da perseguição e da pandemia, vemos evidências claras da ousadia, coragem e confiança em Deus dos cristãos sob pressão em todo o mundo."


China - Quer fazer uma "limpeza" do cristianismo

A perseguição cristã está a aumentar na China comunista , que comprou o silêncio da comunidade internacional por meio do aumento da dependência do comércio, segundo o relatório.


Os parceiros da Release International alertam: "O governo do presidente Xi Jinping está a aumentar a sua 'limpeza' de qualquer coisa que não esteja na agenda comunista. Eles parecem acreditar que podem conseguir isso através da perseguição sistemática."


Novas e duras leis que controlam a religião foram impostas. As igrejas não registradas foram invadidas e fechadas em 2020, e um número crescente de igrejas registradas foram obrigadas a instalar câmaras CCTV e colocar cartazes a proclamar os ideais e crenças comunistas.


De acordo com os parceiros da Release International, as autoridades chinesas “compraram a liberdade de censura internacional devido ao comércio com a China. Muitos países agora consideram esse comércio essencial para as suas próprias economias."



Covid-19 - Usado por muitos países para aumentar a perseguição cristã

Assim como várias nações perseguidoras, a China tem explorado a pandemia do Covid-19 para aumentar as restrições aos crentes clandestinos.


“O governo chinês está a tentar tirar vantagem do vírus de todas as formas, a aumentar a repressão às igrejas cristãs”, disse o parceiro da Release, Bob Fu, do ChinaAid. "Isso acelerou campanhas específicas, como a remoção forçada de cruzes."


O trabalho de Bob Fu está sob pressão direta como resultado de uma campanha bizarra que visa exilados chineses em muitos países. Mesmo nos Estados Unidos, ele enfrentou ameaças de bomba e foi forçado a buscar proteção policial, mas diz que o trabalho da ChinaAid não será interrompido.



Malásia - A perseguição aumenta com a chegada do Covid-19

Batismo de um cristão na Malásia

A Covid-19 também tem sido usada como cobertura para o aumento da perseguição na Malásia, acreditam os parceiros da Release que trabalham naquele país.


'O governo recém-formado está a usar o surto do Covid para cumprir os seus próprios propósitos. Eles fecharam igrejas em todo o país, onde a perseguição está definitivamente a aumentar.'


A Release International está a fazer uma petição às autoridades malaias para libertar o pastor Raymond Koh, que foi sequestrado na rua numa operação de estilo militar.

Os cristãos malaios de origem muçulmana sofreram a perseguição mais forte, que provavelmente aumentará em 2021.



Coreia do Norte - Um dos ambientes mais hostis para os cristãos

Lançamento de balões evangelístico da Voz dos Mártires da Coreia do Sul

A Coreia do Norte é um dos ambientes mais hostis do mundo para os cristãos, os crentes viram o coronavírus como um ato de Deus, que abre novas oportunidades para eles, afirma o parceiro da Release International.


'Este foi o ano mais criativo que testemunhamos na igreja clandestina até hoje.'


Durante o ano de 2020, apesar das restrições da Covid, os parceiros da Voz dos Mártires Internacional conseguiram dobrar a distribuição de Bíblias para os cristãos na Coreia do Norte.



Irão - Determinado a Impedir o crescimento do Cristianismo

Determinado a impedir a disseminação do Cristianismo no Irão, o governo está a aumentar a perseguição contra os cristãos, entretanto a igreja continua a crescer e um número cada vez maior de cristãos foram capazes de evitar a vigilância do governo reunindo-se online.


"A perseguição está a aumentar no Irão porque as autoridades estão cientes do crescimento do número de convertidos e de igrejas nos lares. Eles estão determinados a todo custo impedir isso", afirmam os parceiros da Release International.


"Não há dúvida de que o governo está preocupado com o fato de que muitos muçulmanos desiludidos com a sua religião estão a se tornar cristãos."


A pressão sobre os cristãos no Irão provavelmente continuará, levando a um novo êxodo de cristãos do país em 2021.



Paquistão - Além da perseguição o desprezo

Outra nação islâmica onde a perseguição é uma grande preocupação para o próximo ano é o Paquistão .


Os parceiros da Release Internacional dizem que as leis contra a blasfêmia continua a ser amplamente mal utilizadas contra os cristãos e outras minorias - geralmente para acertar contas pessoais.


Além disso, a comunidade cristã está a enfrentar sequestros, estupros e conversões forçadas, além de casamentos forçados de meninas cristãs, muitas delas com apenas 12 anos.



Egito - Ex-muçulmanos são os mais perseguidos

Os convertidos muçulmanos do mundo todo sofrem um impacto maior da perseguição e essa tendência também foi observada no Egito, lar da maior população cristã do mundo árabe, onde mais uma vez, são os cristãos de origem muçulmana que sofrem o maior impacto da perseguição.


Os convertidos enfrentam expulsão de suas famílias, divórcio, separação dos filhos e perda do emprego.


Nigéria - Ataques impulsionados pela ideologia islâmica

Menina Cristã em Orfanato apoiado pela VDM

Na Nigéria, onde os cristãos há muito que é o principal alvo do grupo terrorista islâmico Boko Haram, enfrentam uma ameaça crescente de militantes Fulani fortemente armados.


Parceiros da Voz dos Mártires acreditam que esses ataques estão cada vez mais assumindo a característica de uma jihad - à qual a comunidade internacional está fechando os olhos.


"Vimos ataques bem planejados, bem orquestrados e sistemáticos contra as comunidades cristãs que nada têm a ver com a luta pelas pastagens", disse o Rev. Hassan John, parceiro da VDM.


"Estes ataques são impulsionados por uma ideologia islâmica, com o objetivo de destruir os 'infiéis' e, em muitos lugares, deslocá-los das suas comunidades, enquanto o governo, por desígnio ou omissão, fecha os olhos à carnificina."


Outro parceiro da VDM na Nigéria, Mark Lipdo, acrescenta: "O fracasso do governo levou ao aumento da criminalidade com impunidade."


Como resultado, os cristãos têm sofrido cada vez mais ataques, incluindo roubo e sequestro para obter resgate. A menos que as autoridades responsabilizem os perpetradores e tomem medidas para proteger as comunidades vulneráveis, a violência contra os cristãos deve continuar ao longo de 2021.


Índia - Uma crescente intolerância contra o Cristianismo

Extremistas hindus atacaram igrejas e crentes individuais em 2020

Na Índia, os cristãos e outras minorias temem que a intolerância religiosa continue a crescer durante 2021, em grande parte devido ao crescente nacionalismo hindu.


De acordo com a Alliance Defending Freedom (ADF) da Índia, os cristãos sofreram 225 incidentes de violência de motivação religiosa durante os primeiros dez meses de 2020 - em comparação com 218 incidentes no mesmo período em 2019. Muitos desses ataques foram cometidos por multidões de vigilantes.


Em setembro de 2020, extremistas hindus incitaram multidões de até 3.000 pessoas a atacar cristãos em três vilas no estado de Chhattisgarh.


A crescente intolerância ao cristianismo tem sido marcada desde a chegada ao poder do BJP (Bharatiya Janata Party) em 2014. De acordo com os parceiros do Release, houve um aumento significativo no número de ataques contra cristãos após a vitória esmagadora de BJP Prime Ministro Narendra Modi em maio de 2019.


A pesquisa Persecution Trends foi publicada na última edição da revista da Release International.


Por meio de sua rede internacional de missões, a Voz dos Mártires está ativa em mais de 25 países ao redor do mundo, apoiando pastores, prisioneiros cristãos e as suas famílias; fornecendo literatura cristã e Bíblias, e trabalhando pela justiça. Faça parte deste projeto, ajude os nossos irmãos perseguidos.



0 comentário

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.