70 cristãos libertados de três prisões na Eritreia

Em 1 de fevereiro, 21 mulheres e 43 prisioneiros do sexo masculino foram libertados das prisões de mai Serwa e Adi Abeito, perto da capital, Asmara. Os prisioneiros tinham sido detidos sem acusação ou julgamento por períodos entre dois e doze anos. Em 27 de janeiro, seis mulheres reclusas que foram detidas em setembro de 2020 em Dekemhare, sudeste de Asmara, também foram libertadas. As mulheres cristãs foram detidas depois de adorarem em público enquanto caminhavam pela rua, um evento que foi filmado e que circulava nas redes sociais. Embora as libertações tenham sido calorosamente saudadas, especula-se também que marcam o mais recente esforço do regime eritreu para distrair a atenção internacional do papel ativo do país na guerra em curso na região de Tigray, na Etiópia, onde as tropas eritreias foram acusadas de violência que pode representar crimes contra a humanidade, crimes de guerra e possivel genocídio. As libertações coincidem também com relatos que têm surgido de forma consistente desde dezembro de 2020 de milhares de refugiados de dois campos em Tigray que foram obrigados à força a retornarem para a Eritreia, muitos dos quais estão detidos. De acordo com o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados, Filippo Grandi, cerca de 20.000 refugiados dos campos de Hitsat e Shimelba estão desaparecidos. Nenhum dos campos está atualmente acessível; em janeiro de 2021, imagens de satélite revelaram que ambos tinham sido extensivamente e deliberadamente destruídos. Cerca de 3.000 antigos residentes de Shimelba e Hitsat conseguiram chegar a mai Aini, um dos dois campos restantes para refugiados eritreus em Tigray. Citando testemunhas oculares que conheceu durante uma recente visita a mai Aini, o Alto Comissariado disse que muitos refugiados parecem ter sido "apanhados em fogo cruzado, raptados e forçados a regressar à Eritreia sob coação das forças eritreias". Motivos de Oração: Louve a Deus pela libertação destes prisioneiros. Peça ao Senhor que ministre a eles e às suas famílias e que se adaptem rapidamente à vida fora da prisão. Peça ao Senhor que conceda sabedoria e benevolência às autoridades eritreias, ore pelo fim da violência. Ore para que o Senhor cuide e proteja aqueles que estão presos. Fonte: VDM, Christian Solidarity Worldwide, Church in Chains

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.