8.000 FAMÍLIAS USADAS COMO ESCUDOS HUMANOS EM MOSUL

Conforme relatado pela ONU, seriam cerca de 50.000 pessoas que foram levadas pelos jihadistas para a cidade de Mosul, onde lutam contra as forças iraquianas. A ONU confirmou que cerca de 8.000 famílias foram sequestradas e levadas pelo grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) desde as áreas periféricas da cidade iraquiana de Mosul para tentarem impedir que o exército iraquiano os atacassem. Se considerar que cada família iraquiana tem em média seis membros, então mais de 47.300 civis foram forçados pelos jihadistas a se deslocarem para Mosul. "Esta é uma estratégia covarde para fazer com que certas áreas sejam alvos de operações militares", disse o porta-voz do Escritório de Direitos Humanos da ONU, Ravina Shamdasani. Aqueles que se recusam a obedecer, o Estado islâmico ordena e "são executados na mesma hora", acrescentou. A ONU também revelou que os terroristas do EI executaram na última quarta-feira 242 pessoas em Mosul. Dentre os quais 190 deles eram ex-membros das forças de segurança iraquianas, que foram executados numa base militar na cidade.


As 52 vítimas restantes eram civis que foram mortos no mesmo dia separadamente por se recusarem a juntar-se ao Estado Islâmico. No dia anterior, outras 24 pessoas foram executadas pelos jihadistas, mas os detalhes deste acontecimento são ainda desconhecidos. Shamdasani disse que todos estes relatórios foram corroborados. "Este relatório é um indicativo de crimes que estão a ocorrer, o que significa que o número de pessoas mortas ou deslocadas pelo Estado Islâmico podem ainda ser maior", disse o porta-voz. Sobre a situação em Mosul também motivo de preocupação para a ONU relata que começou a receber represálias contra supostos simpatizantes do Estado Islâmico pela população. "Algumas pessoas estão a ser impedidas de regressarem às suas aldeias por causa do seu suposto apoio ao Estado Islâmico", disse Shamdasani. Fonte: EFE Motivos de Oração: Ore pelo Iraque, para que Deus possa restaurar a esperança do povo iraquiano. Ore pelos cristãos que são um dos principais alvos de ataques dos terroristas. Ore pelas autoridades mundiais para que eles tenham sabedoria para lidar com essa situação difícil no Iraque.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.