Pastor é morto e líderes temem um aumento da perseguição nas Filipinas

O assassinato de um pastor em Mindanao, Filipinas, alimentou temores de que os cristãos estão a se tornar alvos políticos - no que os líderes cristãos descrevem como “um dos momentos mais difíceis da nossa história”. O pastor Ernesto Estrella, que liderou a Igreja Unida de Cristo nas Filipinas, em Antipas, foi morto a tiros por dois homens que estavam de motas, perto de Magsaysay. A polícia está a investigar se a sua morte estava ligada à sua suposta ligação com grupos de esquerda. O Fórum Episcopal Ecuménico (EBF) diz que os ataques violentos contra os cristãos que defendem os direitos humanos "aumentaram de forma alarmante" desde que o presidente Rodrigo Duterte assumiu em 2016. Também condenou as "políticas opressivas" do governo. A polícia acusou vários líderes de Igrejas de difamação e rebelião - após alegações de ligações com o comércio ilegal de drogas. Enquanto isso, em Manolo Fortich, soldados visitaram a casa da defensora dos direitos humanos e defensora dos direitos humanos, Kristin Lim, duas vezes este mês e a 'convidaram' a comparecer para um interrogatório. Como eles não tinham garantia legal, ela recusou. A Igreja também está preocupada que a perseguição possa aumentar para a minoria cristã que vive na Região Autónoma de Bangsamoro (BARMM) com maioria muçulmana, que foi criada em janeiro com o seu próprio sub-governo islâmico. Os líderes do BARMM deram garantias de que os direitos religiosos das minorias serão protegidos. Motivos de Oração: Ore pela família e amigos do pastor Ernesto, para que Deus conforte os seus corações e também por Kristin Lim, para que ela permaneçam em paz, diante da possível perseguição. Ore para que o governo nas Filipinas comece a olhar para a igreja como uma força para o bem social. Peça a Deus para fortalecer a Sua igreja nas Filipinas e especialmente em Mindanao. Ore para que o Seu povo seja uma testemunha poderosa do Seu grande amor. Fonte: Voz dos Mártires Reino Unido Foto: Reprodução

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.