© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Bangladesh - Uma História Escrita por Deus

Durante os meus dias como repórter de um pequeno jornal, pude perceber que pessoas que tinham sido entrevistadas para o jornal, muitas vezes vinham até nós para pedir cópias extras da edição, eles queriam enviá-las para familiares ou amigos, alguns cortavam a matéria onde falava sobre eles e exibiam no frigorífico da sua casa, outros até compravam uma moldura para deixar a sua história apresentável.

 

Ao verem os seus nomes, as suas histórias e as suas fotos apresentadas no jornal da cidade, eles sentiam-se, talvez pela primeira vez, que as suas histórias importavam.

 

Dada a oportunidade, eu acho que todos nós nos sentiríamos assim também. Todos nós queremos ser conhecidos em um nível mais alto. Todos nós queremos ser lembrados.

 

Em Janeiro, eu viajei com um trabalhador de campo da VdM para Bangladesh, para conhecer as histórias dos nossos irmãos perseguidos e apoiá-los nas suas necessidades. Durante a viagem, nos encontramos com "Fani" Bitan, um pastor de 44 anos que vive no norte de Bangladesh. Naquela noite, ele sentou-se numa cadeira de plástico na nossa frente, a sala estava cheia com outros pastores que estavam sentados num chão de terra, Fani compartilhou a história de perseguição que ele tinha vivido.

 

Para um contexto ocidental, a sua história foi notável. Ele foi desligado da sociedade muçulmana em que vivia e sofreu vários ataques, mas no contexto dos outros pastores na sala, o seu testemunho era "comum". Na verdade, ele começou a sua história, a dizer: "Como cristão, teremos que enfrentar várias perseguições todos os dias." Em Bangladesh, os pastores muitas vezes recebem ameaças de morte e são atacados por realizar projectos da VdM, de apoio aos cristãos perseguidos.

 

Fani contava o seu testemunho, quando de repente os seus olhos brilharam e ele se lembrou de algo muito importante. Ele colocou as mãos no bolso direito das suas calças e tirou alguns pedaços de papéis amassados. Ele entregou aqueles papéis para mim e sob a luz de uma única lâmpada da sala, eu desdobrei aqueles papéis para descobrir cópias de artigos de jornal. Embora eu não conseguisse ler Bengali, eu percebi porque ele estava animado. A Sua História foi Impressa!

 

Aqueles artigos de jornal apresentavam uma lista com 10 nomes, criada pelo grupo extremista islâmico Jamaat-e-Islami de Bangladesh. Aquela era uma lista de classificação dos cristãos mais procurados na região, aqueles que estavam a trabalhar para a conversão de muçulmanos.

 

O nome de Fani era o número 8 da lista. Por viver uma vida cristã ousada, e compartilhar o Evangelho e baptizar ex-muçulmanos o seu nome estava ali.

"Oh meu Deus, eu vi esta notícia na TV, mas não sabia que você era um deles," disse o nosso tradutor para Fani.

 

A inclusão de Fani naquela lista não o incomodava. "Estou muito feliz porque o meu nome está nesta lista", disse ele. "Quantas pessoas podem ter os seus nome na lista?"

 

Então lhe perguntei se ele estava preocupado pois com o seu nome ali, milhares de muçulmanos iriam ver. "Não, eu não tenho nenhuma preocupação", disse ele. "Eu não estou nervoso. Se Deus quer que eu morra desta maneira, por que não? Cabe a Deus. O que eu posso fazer?"

 

Um dos nossos muitos objectivos na Voz dos Mártires é compartilhar os testemunhos dos nossos irmãos e irmãs que estão firmes na fé em Cristo mesmo diante de grande perseguição. Eles não são super-heróis espirituais. Eles são crentes comuns, como você e eu, que, depois de permanecerem fiéis, foram capacitados pelo Espírito Santo para ficar forte na sua fé durante a perseguição. A força dos seus testemunhos encontram-se na capacidade que eles tem de entregarem as suas vidas para servirem de testemunhas de Cristo.

 

Outro objectivo da VdM é de, através dos testemunhos da Igreja Perseguida, lhe inspirar a viver uma história melhor de fé. Depois de saber como os nossos irmãos e irmãs perseguidos superam os medos, as lutas, as perseguições e permanecem firmes em Cristo, nós esperamos que você seja movido a fazer o mesmo nas suas próprias circunstâncias e adversidades, e que em todas as coisas Jesus seja honrado nas nossas vidas.

 

Nem todos nós vamos experimentar a emoção de ver as nossas histórias contadas nas páginas de um jornal. Felizmente, não precisamos que isso aconteça para sermos mais conhecidos ou para sermos lembrados. Deus já conhece as nossas histórias intimamente. Ele nos conhecia antes mesmo de nascermos ( Salmo 139: 16 ), e está a gravar as nossas histórias em um "Livro de Recordações" ( Malaquias 3:16 ). Portanto, seja fiel ao Senhor, pois a sua história é importante para Ele. Vamos permitir que Deus continue a escrever as nossas histórias enquanto permanecemos firmes em oração e corajosamente seguimos o seu exemplo. Então, quando for a hora certa, nós seremos capazes de pegar nos nossos "bolsos" e puxar o testemunho da Sua obra feita nas nossas vidas e assim compartilhar diante de todos. Por Darren Sanders

 

Darren Sanders é escritor da equipa da Voz dos Mártires dos EUA.

 

Motivos de Orações:

  • Ore pelo nosso irmão Fani e por todos os pastores de Bangladesh, para que eles permaneçam firmes diante das perseguições e continuem a testemunhar o poder de Deus.

  • Ore pela Voz dos Mártires, ore pela sua vida, ore pela igreja ocidental, para que também nós possamos ser fiéis diante das adversidades que a vida prepara e permanecer testemunhando o amor de Cristo ao mundo.

 

 

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo