© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Cristãos na Rússia Enfrentam as Leis Anti-Terrorismo

A nova lei aprovada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, em 20 de Julho, que colocam cristãos com possíveis terroristas, está a fazer com que alguns se perguntem se o país está a retornar para a sua recente história de regime totalitário.
 

Introduzido como parte da campanha russa contra actividades terroristas, a legislação controversa faz com que as igrejas domésticas que não fazem parte das denominações registadas pelo Estado se tornem alvo das autoridades. A nova lei agora torna ilegal compartilhar a fé em locais residenciais, criando um sério problema para igrejas domésticas.

 

A lei aumenta as penas contra os culpados de "actividades extremistas." De acordo com os Promotores russos, "extremista" é definido como aqueles que "incitar a discórdia religiosa" e que promovem o seu sistema de crenças como sendo superior a todos os outros.Os culpados de "actividades extremistas" enfrentarão uma pena de prisão de seis a dez anos ou multa.

 

Além do aumento das penas para o extremismo, a lei também restringe o compartilhamento informal de crenças. Uma conversa casual em um café, no trem, ou mesmo um post de mídia social pode significar multas pesadas de cerca de 670,00€. O salário médio mensal é de cerca de 450,00€.

 

Muitos crentes russos estão preocupados com repressão recente sobre grupos religiosos ao longo dos últimos anos e que alguns grupos cristãos sejam alvo de "actividades extremistas." Cristãos e outros grupos religiosos dizem que a nova lei vai tornar mais difícil para eles viverem as suas vidas diárias.

 

Advogados começaram o processo de recurso, mas nesse meio tempo, houve protestos e petições que vão sendo divulgados. No entanto, nem todos estão dispostos a assinar o seu nome ou falar publicamente por medo de represálias. 

 

Apesar das dificuldades que os cristãos podem enfrentar com as autoridades locais, os crentes dizem que é muito mais importante obedecer a Cristo. Muitos dizem que vão propositadamente desafiar as autoridades, eles estão mais dispostos a sofrer multas e prisão do que manter silêncio sobre o poder de Cristo para transformar vidas.

 

A Voz dos Mártires acrescentou a Rússia à sua lista de nações hostis e restritas que será apresentada no mapa de oração de 2017.

 

Você pode ajudar os cristãos que enfrentam problemas legais através do nosso programa de apoio a Família dos Mártires.

 

Motivos de Oração:

  • Ore para que essa lei não impeçam os crentes de servirem ao Senhor em fidelidade.

  • Ore pelos governantes russos, para que eles temam a Deus e estejam sensíveis ao amor de Cristo.

  • Ore para que as Igrejas cristãs na Rússia se unam cada vez mais, tornando-se mais fortes no Senhor.

 

 

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo