© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Boko Haram Treina Alunos para Matarem os seus Professores Cristãos

O Boko Haram, grupo extremista islâmico da Nigéria, que jurou lealdade ao Estado Islâmico, está a treinar jovens para retornar às suas escolas e matarem os seus antigos professores e colegas cristãos.

 

A matéria do jornal Los Angeles Times, mostra como o Boko Haram, cujo nome traduzido seria “educação ocidental é pecado”, está a priorizar as escolas que eles afirmam serem um sistema que contraria sua fé.

 

O Christian Post relata que a ONG cristã, International Christian Concern (ICC) lamenta como a radicalização de crianças e adolescentes continua a crescer na região. “O Boko Haram tem como alvo prioritário atacar as escolas, para forçá-las as fecharem. Eles sequestram estudantes e matam os professores. As meninas de Chibok são o caso mais conhecido, mas nas regiões onde o Boko Haram controla já não existem mais escolas abertas por medo de ataques”, afirmou o documento oficial.

 

O relatório do LA Times indica que 611 professores foram assassinados desde a ascensão do Boko Haram em 2009, além de 910 escolas incendiadas e outras 1.500 obrigadas a fecharem as portas.

 

Muitos desses ataques teriam sido realizados por ex-alunos radicalizados, que dão a vida para defender essas ideias religiosas radicais. “O Boko Haram acredita que a Terra é plana, e que os muçulmanos estão autorizados a escravizar pessoas e a matar os infiéis,” observou o relatório. Como metade da população da Nigéria é muçulmana, os conflitos antigos com os cristãos têm crescido após a eleição de um presidente islâmico.

 

A percepção entre os muçulmanos é que a educação ocidental, trazida para o país pelos missionários cristãos europeus é uma “manobra para cristianizar” as crianças. Por isso, pregam que um bom muçulmano não deve frequentá-las.

 

O grupo terrorista está a usar crianças e adolescentes sequestrados por eles para se tornarem soldados ou homens-bomba, não só na Nigéria, mas também no Níger, Chade e Camarões.

 

O Wall Street Journal (WSJ) publicou uma extensa matéria sobre isso em agosto, dando conta que os jihadistas sequestraram mais de 10.000 crianças nos últimos três anos na Nigéria e no Camarões. A copiar o modelo do EI, as crianças são forçadas a se converterem ao Islão e recebem treinamento militar. Muitos são órfãos de pais e mães cristãos, mortos nos ataques do Boko Haram às aldeias do interior.

 

Fonte: LA Times/GospelPrime

Foto: O professor de Química Mohammed Yahaya Nige, de 50 anos, quase foi morto por homens armados do Boko Haram neste escritório na sua escola em Maiduguri, na Nigéria. (Robyn Dixon / Los Angeles Times)

 

Motivos de Oração:

  • Ore pela Nigéria, um país que tem sofrido com a ascensão do grupo terrorista Boko Haram.

  • Ore pelas crianças sequestradas, para que venham a encontrar a liberdade e para que não sejam vencidas pelo ódio terrorista.

  • Ore pelos professores que ensinam nas escolas cristãs em toda a Nigéria, para que as suas vidas sejam guardadas em Deus.

 

 

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo