© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Condenado a Um Ano de Prisão por "Insultar" o Islão no Facebook

Samir Chamek, um homem de 34 anos, foi considerado culpado por insultar o Islão e o seu profeta na plataforma de mídia social Facebook, no dia 8 de janeiro de 2017.

 

Após receber uma sentença de cinco anos, Samir Chamek apelou para e conseguiu diminuir o tempo de prisão para um ano. Ele foi indiciado ​​por acusar o profeta Maomé de terrorismo e assassinato. Ele foi condenado a um ano de prisão pelo tribunal em Bouira, na Argélia.

 

O incidente aconteceu em dezembro de 2015. Fotos e comentários foram vistos na página do Facebook de Samir por funcionários da polícia de Bouira. Ele foi indiciado ​​por "acusar o profeta Maomé de terrorismo e assassinato, comparando ele a Hitler, mencionando a perseguição e massacre sofrido pelos judeus".

 

Samir foi detido pela polícia e depois libertado. Ele disse ao World Watch Monitor: "Eu fui preso e levado para a esquadra, onde fui interrogado por quase cinco horas. Me pediram para abrir a minha página no Facebook e eu fiz isso".

 

Em julho de 2016, Samir foi multado em 100 mil dinares argelinos (cerca de 850€). Quando Samir apelou, a promotoria pediu uma sentença mais pesada, e ele recebeu cinco anos de prisão juntamente com a multa em outubro. Samir apelou dessa sentença, e agora enfrenta apenas um ano de prisão.

 

O condenado insiste que não é culpado. "Vou apelar para a Suprema Corte", disse ele. "Eu expliquei ao juiz que só compartilhava publicações de outras pessoas”, disse.

 

Outro Caso Semelhante

 

Outro cristão argelino, Slimane Bouhafs, (conheça a sua história aqui) foi condenado a três anos de prisão em setembro de 2016 por ofender o Islão no Facebook. Há apenas 39 mil cristãos entre a população da Argélia de mais de 40 milhões, que é predominantemente muçulmana.

 

A conversão do Islão, ou uma tentativa de converter alguém, é ilegal e convertidos muçulmanos são forçados a adorar a Deus em segredo.

 

Fonte: Christian Today/Guiame

Foto: Reuters

 

Motivos de Oração:

  • Ore pela Argélia, um país onde é muito difícil ser cristão.

  • Ore pelo nosso irmão Samir, para que a pena seja totalmente revoga e para que Deus lhe conceda a graça de permanecer fiel diante de todas as adversidades.

  • Ore pelos cristãos argelinos, para que a fé deles sejam fortalecidas através destes testemunhos.

 

 

 

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo