© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Cristãos Realizam Cultos Debaixo de Árvore, após Igreja ter sido Destruída

Uma pequena comunidade cristã no Sri Lanka não irá desistir de louvar a Deus, mesmo depois de ter a sua igreja destruída por um grupo de radicais budistas. "Nenhum ataque pode nos parar. Continuaremos a amar a Deus e a orar debaixo das árvores", disse o líder da igreja, Kamal Wasantha, ao site Asia News.

 

Wasantha, que também é fazendeiro, disse que a igreja foi destruída por extremistas budistas liderados por um monge local. Apesar deste ato de crueldade, eles não guardam rancor dos criminosos. "Nós não amaldiçoamos eles e nem vamos atacá-los. O julgamento pertence somente a Deus. Nós fazemos a nossa parte: as orações continuarão debaixo de uma árvore", acrescentou Wasantha.

 

A pequena igreja é denominada como “Kithu Sevana”, que significa “Casa de Cristo”. Ela está situada em Paharaiya, uma aldeia localizada no noroeste do Sri Lanka. Cerca de 15 famílias e 20 outros fiéis frequentam o local semanalmente para adorar a Deus. O ataque à igreja aconteceu no dia 5 de janeiro. "Primeiro, eles nos ameaçaram verbalmente", lembra Wasantha. "Então, vieram com paus, barras de ferro, facas e destruíram tudo. As pessoas pediram para que eles não destruíssem a igreja, mas a casa do Senhor foi derrubada na frente dos nossos olhos.

 

Pedimos a Deus para perdoá-los".O Rev. Ranjan Palitha e o Pastor Adrian De Vissar, que todas as semanas saem da cidade de Chilaw para ajudar Wasantha nos cultos de domingo e sexta-feira, lembram que foram confrontados pelo monge no dia 1 de janeiro, quando voltavam para casa."Nosso carro foi bloqueado pelo monge budista, que usou uma linguagem suja connosco. Ele nos ameaçou com uma punição mais grave se continuássemos a realizar os cultos", disse Palitha.

 

Eles decidiram registar uma queixa na esquadra da região e advertiram a igreja sobre as ameaças. Na noite do ataque, a polícia deteve os budistas juntamente com o monge. Embora mais de 200 testemunhas tivessem identificado os criminosos, eles foram libertados sob fiança.

 

Wasantha sabe que a igreja pode enfrentar mais perseguições no futuro, mas o seu amor por Deus não será diminuído pelo medo. "Não posso abandonar a minha missão apenas por causa dos ataques de pessoas que não toleram a mudança de algumas famílias nesta aldeia. Eles não conhecem as grandes bênçãos que a nossa comunidade recebe através da oração", disse ele.
 

Fonte: Guiame/Christian Today

Fotos: Reprodução/Asia News

 

Motivos de Oração:

  • Louvem a Deus pela fidelidade de Kamal e dos membros da sua igreja, que estão a viver 2 Timóteo 1: 7 (Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação).

  • Agradeça ao Senhor pelo crescimento da igreja, e ore para que muitos mais recebam o Evangelho como resultado do testemunho desses crentes e da obra do Espírito Santo.

  • Ore pelos perseguidores e pelas autoridades; para que eles também tenham a oportunidade de ouvir o Evangelho e conhecer o Senhor Jesus.

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo