© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Norte Coreana se Converte na China depois de ter sido Vendida como Escrava

Jong-su estava muito nervosa quando fugiu pela fronteira norte-coreana no veículo do contrabandista. Ela havia cruzado o Rio Yalu na China na noite anterior, depois que o seu namorado tinha ameaçado relatar o negócio ilegal que ela fazia na Coreia - isso porque ela havia rejeitado a sua proposta de casamento.

 

Se condenada por comércio ilegal na Coreia do Norte, ela enfrentaria a possibilidade de 15 anos de prisão num campo de concentração.

 

Embora Jong-su também tivesse um emprego legítimo, a devastadora fome que tinha começado em 1993, bem como as políticas económicas pobres do seu país levaram-na a ganhar dinheiro ilegalmente para conseguir sobreviver.

 

- Saia do país por pelo menos dois anos - insistiu a sua mãe, com a esperança de que Jong-su pudesse voltar depois que o seu namorado tivesse superado a raiva que sentia dela. 

 

Aceitando o conselho da sua mãe, Jong-su falou com a única pessoa que ela conhecia que poderia ajudá-la - uma vizinha que estava no negócio de contrabando de pessoas da Coreia do Norte para a China. A vizinha assegurou-lhe que poderia arranjar o contrabando para a China e que Jong-su poderia morar perto da fronteira da Coreia do Norte para que ela pudesse ocasionalmente ver a sua mãe.

 

O Pesadelo
Depois de atravessar com segurança para a China, a vizinha de Jong-su tirou-lhe uma foto. "Por que me tiraste uma foto?" Perguntou ela. "Vou mandá-la para tua mãe para que ela não se preocupe contigo", respondeu a sua vizinha. Na manhã seguinte, os planos dos contrabandistas tinham mudado. Ela disse a Jong-su que a polícia chinesa estava na área e que eles tinham que agir rapidamente. 

 

Quando Jong-su e as outras pessoas fugiram da fronteira com os contrabandistas, ela começou a ficar nervosa. "Isto não foi o acordo que fizemos", protestou Jong-su. Mas a resposta que recebeu causou-lhe ainda mais medo. "Se tu não ficares quieta, nós vamos vender-te para um bordel", disseram eles.

 

A mudança súbita das circunstâncias era mais do que ela podia lidar. Ela também sabia que as suas chances de fuga eram muito pequenas.

 

Seis horas depois, Jong-su foi deixada em frente a uma pequena cabana de barro que pertencia a um chinês. O desespero começou quando ela se apercebeu de que tinha sido vendida como uma esposa para este homem e que ela nunca mais iria poder ver a sua mãe. 

 

Meses depois, ela descobriu que estava grávida e não conseguia imaginar a criar uma criança sozinha.

 

Ganho Eterno
Jong-su encontrou-se com outras mulheres norte-coreanas que, como ela, tinham sido vendidas como esposa. Uma delas apresentou-a a uma mulher sul-coreana, que lhe deu uma Bíblia e começou a compartilhar o Evangelho com ela. As palavras que leu nos livros de Mateus e Romanos tocaram o seu coração, e ela colocou a sua fé em Cristo. Era a primeira vez que sentia paz no seu coração.

 

Cheia de alegria na sua nova fé cristã, Jong-su imediatamente começou a contar as outras mulheres traficadas da Coreia do Norte sobre Jesus. O seu marido chinês notou grandes mudanças no seu comportamento - ela parou de gritar com ele - pouco tempo depois o seu marido também decidiu colocar a sua fé em Cristo.

 

Jong-su e o seu marido começaram a trabalhar juntos para compartilhar o Evangelho com as mulheres norte-coreanas traficadas e os seus maridos chineses. Enquanto ela ensinava as mulheres, ele tranquilizava os maridos que Jong-su não estava a incentivar as suas esposas a deixá-los. Ele explicou que as suas esposas deveriam ouvir Jong-su porque seguir a Cristo significa respeitar os pais, trazer unidade à família e amar uns aos outros. Muitas das mulheres e dos seus maridos vieram a Cristo através do seu fiel testemunho.

 

Eu posso morrer neste momento
Jong-su estava feliz pois tinha encontrado o seu propósito eterno, mas ainda sentia falta da sua mãe. Sabendo que os corretores fariam quase qualquer coisa por causa de dinheiro, ela encontrou um que foi capaz de localizar a sua mãe e, com o tempo, conectá-las por telefone. Quando falou com a mãe, ficou chocada ao saber que ela também se tornara cristã. "Deus nos ajudou a encontrar a nossa filha!", Gritou a mãe alegremente quando falaram ao telefone. "Não fales tão alto!" Jong-su respondeu. "Podes ter problemas." Mas a sua mãe não estava preocupada. "Deus respondeu à minha oração", disse ela. - Agora posso morrer neste momento.

 

Logo após a chamada, a mãe de Jong-su foi exilada para uma aldeia no campo. As autoridades puniram a família porque perceberam que Jong-su havia fugido do país, mas ela conseguiu encontrar a mãe novamente e estabelecer contato com ela.

 

A sua mãe descobriu que 30 cristãos vivem na sua nova aldeia e adoram nas montanhas próximas. "Eles fingem que vão buscar legumes na montanha, e ali todos se encontram", explicou um funcionário da VdM. 

 

Quando Jong-su soube que a sua mãe tinha apenas uma página de uma Bíblia, arranjou um corretor para lhe contrabandear uma Bíblia completa. Louvado seja Deus pelas Suas palavras de vida eterna encontradas nas Escrituras.

 

Fonte: A Voz dos Mártires Internacional

Foto Ilustração: Christian Headlines - Thinkstockphotos.com

 

Motivos de Oração:

  • Ore por Jong-su, para que através do seu testemunho ela leve muitas outras pessoas a Cristo na China e na Coreia do Norte.

  • Ore pela Coreia do Norte um dos países que mais perseguem os cristãos no mundo, para que o amor de Cristo alcance os corações dos líderes. (Saiba mais sobre a Coreia do Norte aqui

  • Ore pelos missionários da Linha de Frente da Voz dos Mártires que fazem o contrabando de Bíblias e material de evangelismo para a Coreia do Norte e China.

 

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo