© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Pastor Preso na China Corre o Risco de ter as Duas Pernas Amputadas

No início deste ano, publicamos a história do Pastor Yang Hua, (veja aqui) que foi detido em dezembro de 2015 e em janeiro de 2017, condenado à prisão sob a custódia de "ilegalmente possuir segredos estaduais".


Desde então, o pastor Yang Hua começou a apresentar um quadro clínico bastante crítico de inflamação dos vasos sanguíneos. As suas pernas estão inchadas e cobertas de úlceras. Sem o tratamento adequado, o Pastor Yang corre o risco de desenvolver septicemia e outras complicações graves que pode gerar a amputação de ambas as pernas.


O pastor Yang Hua descreveu a sua condição:
"Em 17 de março de 2017, as úlceras começaram a aparecer nas minhas pernas. Eu cheguei a relatar o ocorrido ao centro de detenção, mas a equipa disse que eles já tinham presenciado circunstâncias semelhantes a estas em outras ocasiões anteriores, e que era apenas Impetigo [uma infeção bacteriana da pele].

 

A 18 de março, o médico residente deu-me alguma medicação.


A 19 de março, depois da infeção se ter espalhado, pedi novamente que o centro de detenção oferecesse tratamento adequado, bem como injeções ou IV.


Nos dias 20 e 21 de março, o médico de plantão colocou-me em um gotejamento IV. A dor ardente era tanta que eu não consegui dormir por várias noites.


Por volta das 3h30 às 4h do dia 22, a agonia foi realmente insuportável. Toquei o alarme para informar aos quadros de plantão. O oficial Luo, naquela noite, ficou tão furioso por ter sido perturbado que começou a gritar para mim algumas obscenidades verdadeiramente horríveis. Ninguém mais na cela conseguiu dormir, então, no fim, o médico de serviço deu-me dois analgésicos. Eu não consegui andar nem ir a casa de banho sozinho durante este período.


"Na manhã do dia 22 de março, o centro de detenção levou-me ao departamento de dermatologia no Hospital Municipal Sexto de Guiyang para uma inspeção física. O médico diagnosticou-me uma forma de vasculite alérgica [uma inflamação dos vasos sanguíneos] e disse que, se nenhum tratamento pudesse ser encontrado, o resultado poderia ser a amputação de alto nível [acima do joelho]. Ele recomendou altas doses de penicilina por uma quinzena, no entanto, a clínica do centro de detenção, não tinha penicilina.


"Às 14h30 do dia 22 de março, o centro de detenção deu-me um exame de sangue para verificar se eu tinha SIDA.


Em 23 de março, fui novamente levado para um hospital designado pelas autoridades, desta vez o Hospital da Polícia Armada do Povo No. 368, para uma inspeção física. Cinco médicos estavam envolvidos, mas não podiam chegar a um diagnóstico final. No entanto, eles recomendaram que eu fosse levado para um hospital regular para tratamento. Eles também indicaram que o custo do tratamento poderia ser extremamente elevado." Naquele dia, enviei um pedido escrito de tratamento hospitalar, pedindo às autoridades do centro de detenção que o organizassem rapidamente.


Na manhã do dia 24 de março, fui levado para o Hospital do Povo Provincial de Guizhou para fazer um exame de sangue e de urina. Embora tivessem os resultados naquela manhã, os guardas se recusaram a me informar, exceto para dizer que o teste de SIDA tinha dado negativo".


A esposa do Pastor Yang, Wang Hongwu, não viu o marido desde que ele foi detido em dezembro de 2015. No dia 24 de março, ela acompanhou o advogado e finalmente consegui ver o Pastor Yang. Permitiram apenas dois minutos para falarem um com o outro, a polícia solicitou que os acompanhassem para o Hospital de Polícia Armada do Público Nº 368, onde teve a oportunidade de falar com o médico chefe sobre a condição do marido.


Foi depois disso, que Wang escreveu uma carta aos irmãos para orarem:


"O hospital provincial diagnosticou-o como purpura anafilactoide [inflamação dos vasos sanguíneos]. Eu vi que as pernas de Yang Hua estavam cobertas de erupções cutâneas e manchas de necrose, ao redor de ambas as pernas, em particular, havia uma grande área de necrose e infiltração de feridas. Os pés estavam inchados até aos tornozelos. O médico disse que usariam grandes doses de hormônios e medicamentos anti-inflamatórios para tratá-lo. Como a doença ocorreu tão feroz e rapidamente - cerca de uma semana - o hospital apresentou-me uma notificação de doença grave e disse-me que Yang Hua poderia desenvolver uma série de outros sintomas, incluindo septicemia, hemorragia do trato digestivo, danos nos rins e outras".

 

O Estado de saúde do Pr. Yang é muito delicado e precisa muito das nossas orações.


Motivos de Oração:

  • Ore pela saúde e pela cura do Pastor Yang, e para que o Senhor lhe dê coragem durante este tempo de sofrimento.

  • Ore pela sua esposa, Wang Hongwu e pela sua família, para que o Senhor ande com eles durante este momento difícil e os fortaleça e os capacite a vencer este momento.

  • Ore para que os remédios que estão a ser administrados no Pr. Yang reverta o quadro da doença e para que ele não corra o risco de perder as suas pernas.

Fonte: Church in Chains

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo