© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Abraham Ben Moses libertado da prisão na Indonésia

 

Temos o prazer de informar que Abraham Ben Moses, também conhecido como Saifuddin Ibrahim, um conhecido ex-muçulmano e apologista cristão na Indonésia, foi libertado da prisão.

 

Em 7 de maio, a Corte Distrital de Tangerang na Indonésia condenou o reverendo Abraham Ben Moses a quatro anos de prisão e emitiu uma multa de 50 milhões de rupias (cerca de € 3.400) por difamação religiosa. 

 

Se ele não puder pagar a multa, "pode ​​ser substituída por um período de prisão de um mês e nós também damos ao acusado a possibilidade de apelar ao Supremo Tribunal", disse o juiz Muhammad Damis na audiência.

 

Abraham Ben Moses, também conhecido como Saifuddin Ibrahim, é um conhecido ex-muçulmano e apologista cristão na Indonésia. Ele foi ativo no evangelismo na Internet e em debates com grupos muçulmanos.

 

Abraham, de 53 anos, foi preso em 5 de dezembro de 2017, após um vídeo mostrando-o a compartilhar a sua fé com um motorista de táxi muçulmano ter sido amplamente divulgado .

 

No vídeo, ele é ouvido a falar com o motorista de táxi sobre os ensinamentos do Profeta Maomé acerca do casamento. Ele também é ouvido a convidar o motorista para se converter ao cristianismo.

 

 

Os membros da segunda maior organização islâmica da Indonésia, Muhammadiyah, imediatamente apresentaram uma queixa contra ele em 8 de dezembro.

 

De acordo com o Jakarta Post, Damis disse que “Abraham foi condenado pela Lei de Transacções de Informação e Electrónica nº 11/2008, quando divulgou intencionalmente informação destinada a incitar o ódio contra um indivíduo, grupo e sociedade com base na religião.

 

Um oficial da organização islâmica Muhammadiyah, Pedri Kasman, admitiu que estava satisfeito com o veredicto. "Esta decisão deve ser apreciada e deve servir como uma lição valiosa para todas as partes" , disse ele.

 

Em uma mensagem aos cristãos indonésios, a esposa de Abraham, Ayu, pediu aos cristãos que “orem para que a pena do pastor Abraham seja mais leve”. Ayu estava grávida quando o marido foi preso e deu à luz sua filha enquanto ele permanecia na prisão.

 

Motivos de Oração:

  • Agradeça à Deus pela libertação do Pr. Abraham, pela graça de Deus sobre ele e a sua família.

  • Ore para que Deus use o testemunho de fé do Pr. Abraham para alcançar mais vidas para Cristo.

  • Ore para que os cristãos sejam motivados a perseverar na fé, mesmo diante do risco de prisão e perseguição.

 

Fontes: International Christian Concern, A Voz dos Mártires EUA

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo