© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Cristão estrangeiro de 73 anos é preso no Nepal acusado de distribuição de literatura cristã

 

Um cristão da Coreia do Sul foi preso no Nepal sob a acusação de "tentativa de conversão", e foi libertado sob fiança na quarta-feira (7 de agosto), disseram fontes.

 

Cho Yusang, um cristão evangélico de 73 anos, pagou uma fiança de 150 mil rúpias nepalesas (cerca de 1.190 euros) após ter sido preso em 23 de julho. A sua saúde piorou depois que ele foi para a prisão e ele foi hospitalizado, disse Tanka Subedi, presidente do conselho do Fórum de Liberdade Religiosa do Nepal (RLFN).

 

Na segunda-feira (5 de agosto), Subedi disse ao Morning Star News que Cho havia sido liberado do hospital. "Apesar dele ter recebido alta do hospital, ele estava a sentir-se tonto nesta manhã", disse Subedi. “A sua saúde ainda não é boa. Ele não quer voltar para o hospital, porque não tem muito dinheiro e também não tem cobertura de seguro para pagar as contas ”.

 

A acusação de “tentativa de conversão” sob o Artigo 158 (1) do Código Penal do Nepal de 2017 prevê cinco anos de prisão e/ou uma multa de até 50 mil rúpias nepalesas ( cerca de 400 euros), de acordo com a Subedi.

 

A polícia prendeu Cho por supostamente distribuir panfletos e Bíblias na área de Barachi, no distrito de Kaski, na província de Gandaki Pradesh, disse Raj Kumar KC, porta-voz do Departamento de Polícia do Distrito em Kaski.

 

 

BP Khanal, coordenador nacional do Nepal para o Painel Internacional de Parlamentares pela Liberdade de Religião ou Crença [IPPFoRB], disse ao Morning Star News que depois de prenderem Cho no seu alojamento à beira do lago, a polícia invadiu o seu quarto e confiscou algumas Bíblias e literatura cristã.

 

Khanal, que é responsável pelas relações inter-religiosas da Sociedade Cristã do Nepal, disse que a posse de uma Bíblia e literatura cristã não é evidência de um crime.

 

"Neste caso, a lei é discriminatória, porque não é uma ofensa ter Bíblias no seu quarto", disse Khanal ao Morning Star News. “A apreensão de algumas Bíblias e literatura cristã dos pertences pessoais de Yusang é projetada como uma ofensa e como um crime cometido por ele, mas qualquer um pode ter uma Bíblia - não é uma droga ou um explosivo. Carregar uma Bíblia não deve ser  uma ofensa criminal”. A Sociedade Cristã do Nepal contratou um advogado para Cho, disse ele.

 

Um  aumento na perseguição de cristãos no Nepal começou depois que um novo código criminal foi aprovado em outubro de 2017 e que entrou em vigor em agosto de 2018. O pastor Sagar Baiju, um líder cristão sénior no país, disse que tais incidentes deixam claro que as autoridades, policias e políticos estão a por os cristãos como alvos. "A menos que esta nova lei seja revogada, estes incidentes continuarão a aumentar no Nepal", disse Baiju.

 

Motivos de Oração:

  • Ore pelos cristãos nepaleses, para que Deus fortaleça-os diante deste aumento da perseguição.

  • Ore para que essa nova lei seja revoga e para que haja plena liberdade religiosa no país.

  • Ore pelo irmão Cho Yusang, para que recupere a sua saúde física e emocional, e para que mantenha firme a sua fé em Cristo.

Fonte: Morning Star News

Foto: Reprodução

 

Tags:

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo