© 2017 A Voz dos Mártires. Todos os direitos reservados.

Ao assinar a nossa lista de contatos está a concordar com a nossa Política de Privacidade

Família muçulmana mata filho por causa da sua conversão ao cristianismo

 

Hussein Mohammed, um cristão de origem muçulmana que vivia no Egipto foi morto a 6 de outubro após a sua família descobrir que ele havia se convertido do islamismo para o cristianismo.


Hussein, que preferia ser chamado pelo nome baptismal de George, havia postado várias fotos na sua página do Facebook. Uma das fotos mostrava uma tatuagem cruzada que George havia feito no pulso, uma prática seguida pelos cristãos coptas ortodoxos egípcios.

 

A sua família já sabia da sua conversão antes mesmo das suas fotos serem postadas e o seu tio havia feito queixas à Directoria de Segurança sobre a sua ‘apostasia’.  No entanto, essas fotos foram uma declaração pública da sua conversão.


Segundo o amigo de George, “[ele] era um homem muito corajoso. Ele era um crente muito bom e seguidor de Jesus e que amava muito a Cristo.  Ele desafiou a sua família por causa da sua fé em Jesus Cristo. Mas George sabia que a sua família o mataria a qualquer momento e mesmo assim não temeu a morte.  Ele manteve a sua fé até o último suspiro e recusou-se a renunciar à sua nova fé.  Foi martirizado em nome de Jesus Cristo.”


O Egipto é um país oficialmente islâmico, mas com a maior população demográfica cristã do Oriente Médio.

 

Os cristãos são considerados cidadãos de segunda classe, na melhor das hipóteses, e muitas vezes não têm a oportunidade de reivindicar os seus direitos civis.

 

Os muçulmanos que se convertem ao cristianismo, no entanto, são vistos pela comunidade islâmica de uma perspectiva ainda mais dura.  Eles são vistos como apóstatas, o que significa que a descoberta pública da sua conversão os torna vulneráveis a se tornarem vítimas de um assassinato de honra.


Motivos de Oração:

Ore para que a morte de George não seja em vão, mas que Deus use o seu testemunho para atrair outras vidas aos Seus caminhos.
Ore para que os autores sejam levados a julgamento e para que o Senhor tenha misericórdia deles e conceda-lhes a salvação.
Ore para que a força e a protecção do Senhor esteja com os fiéis convertidos no Egipto.


Fontes: World Watch Monitor

Tags:

Please reload

Notícias mais Lidas

Missionária é assassinada na Indonésia

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo